Venezuela agradece solidariedade da China e Rússia ante ameaças ingerencistas

Foto: @vencancilleria

Caracas, 16 Ago. AVN.- O chanceler da República, Jorge Arreaza, agradeceu nesta quarta-feira as demonstrações de apoio da China e Rússia a favor da Venezuela, depois que o presidente estadunidense, Donald Trump, ameaçasse com uma possível intervenção militar no país.

"Obrigado a Rússia, seu Presidente, seu Chanceler, por apoiar a soberania dos povos e o respeito ao direito internacional", escreveu Arreaza em sua conta no Twitter.

Mais cedo, o chanceler russo ruso, Serguéi Lavrov, considerou "inaceitáveis" as ameaças dos EUA e afirmou que a crise da Venezuela "deve se resolver exclusivamente pela via pacífica" e "sem intervenção do exterior".

Sobre a China, cujo chanceler Wang Yi afirmou que a "situação venezuelana deve ser resolvida por seu Governo e seu povo", Arreaza agradeceu Pequim pelo "respeito e apoio a nossa soberania e à paz".

Os dois chanceleres manifestaram seu apoio à Venezuela após uma reunião com o ministro das Relações Exteriores da Bolívia, Fernando Huanacuni.

16/08/2017 - 12:28 pm