Chanceler denuncia Almagro e governo do México por agressão a diplomatas venezuelanos

Foto archivo Presidência da República

Caracas, 19 Jun. AVN.- A chanceler da República, Delcy Rodríguez, denunció neste domingo o secretário da Organização dos Estados Americanos (OEA), Luis Almagro, e o ministro das Relações Exteriores do México, Luis Videragay, pelas agressões contra a delegação venezuelana que está no México para participar da cúpula do organismo, que começa nesta segunda-feira.

"Denuncio @Almagro_OEA2015 e @LVidegaray pelas agressões e ataques contra o vice-chanceler Samuel Moncada e a embaixadora Carmen Velásquez", escreveu Delcy Rodríguez em sua conta no twitter.

Em outra mensagem, a chanceler responsabilizou Almagro e Videragay pela integridade física dos diplomatas venezuelanos, conforme determina a legislação internacional.

Delcy Rodríguez divulgou uma foto em que aparece o embaixador do México na OEA, Luis Alfonso de Alba, conversando com os agressores, entre eles Gustavo Tovar Arroyo, que financia grupos da extrema-direita, e participou da chamada "Fiesta Mexicana", reunião realizada em 2010 na Cidade do México, para planejar uma agenda golpista contra o governo da Venezuela.

"Gustavo Tovar Arroyo é um psicopata instigador da violência letal na Venezuela. Participou da "Fiesta Mexicana" para treinar paramilitares", acusou em outra mensagem, denunciando ainda o deputado venezuelano Luis Florido pelos ataques.

"O governo do México deve esclarecer se apoia os violentos que estão em Cancún para atacar a delegação venezuelana", enfatizou.

"Nada vai impedir que levemos a verdade da Venezuela na @OEA_oficial e defendamos nossos legítimos direitos como Pátria soberana", escreveu.

19/06/2017 - 08:54 am